Viver na atmosfera do Amor divino

 

Crédito: © Cortesia de Orlando Trentini

Orlando Trentini

Parece que todos os anos as pessoas, independentemente do local onde vivem, diante da mudança climática de verão para inverno, começam a sentir os desagradáveis sintomas de tosse, febre, fraqueza e dores. Embora existam pontos de vista diferentes a respeito de como essas doenças são transmitidas e se proliferam, será que há alguma maneira, além de agir com sabedoria, pela qual alguém possa se proteger a si mesmo, a seus familiares e amigos desses males físicos que surgem com mais frequência no inverno? Algo que traga alívio e cura permanentes? Podemos começar a nos conscientizar de que nos encontramos agora mesmo na atmosfera do Amor divino e, conforme o vigoroso discurso do Apóstolo Paulo para a platéia no Areópago, em Atenas, “…vivemos, e nos movemos, e existimos…” no Espírito, “porque dele também somos geração” (Atos 17:28).

Essas ideias também estão expressas com muita força e clareza em um poema publicado em inglês, e que consta do Hinário da Ciência Cristã (ver hino 144). O que chama muito minha atenção no original em inglês é a imagem de que “respiramos” na “atmosfera do Amor”. Ao destruir o sentido material, trazemos à luz as maravilhas da Mente eterna. Além disso, o Princípio imortal está conosco em todo lugar e nos mantém perfeitos em Seu amor.

Viver, mover-se, respirar e desempenhar nossas atividades “na atmosfera do Amor divino” foram as palavras que me vieram ao pensamento ao ouvir, no mês de junho do ano passado, inverno no hemisfério sul, as contínuas notícias sobre doenças da estação: sinusite, rinite, gripe, resfriados, e os sofrimentos que trazem às pessoas, em especial às crianças e aos idosos. Quando compreendemos a atmosfera pura do Amor, podemos respirar totalmente livres do temor de contaminação e mal.

Nosso corpo funciona harmoniosamente sob a ação das leis espirituais do Amor divino, Deus. Quando temos a impressão de que somos um organismo enfermo, a compreensão dessas leis espirituais e a confiança nelas agem em nossa consciência e mostram que nossa identidade é espiritual, não material. Dessa forma, o corpo volta às suas funções normais.

A compreensão espiritual torna possível declarar agora mesmo que todos em nossos lares e com quem entramos em contato nas escolas, nos locais de trabalho e nas ruas vivem, respiram e existem sob a ação protetora do Amor divino. Essa declaração é uma oração científica que se contrapõe às crenças de que a mudança de clima, de contaminação e contágio são ameaças ao nosso bem-estar, e as anula.

A Bíblia e Ciência e Saúde ensinam como elevar o pensamento acima da matéria e seus conceitos limitadores sobre o corpo, e a enxergar uma atmosfera mental benigna e pura, a atmosfera espiritual. Os ensinamentos contidos nesses dois livros têm me orientado desde minha primeira infância e inúmeras são as evidências de proteção e cura das quais sou testemunha.

Segundo me relatou minha mãe, desde bebê eu apresentava uma constituição física muito vulnerável a mudanças climáticas. Meus pulmões eram os mais afetados nessas ocasiões. Dentre todos os hábitos familiares para tratar o problema, tomar canja de galinha era o meu preferido! Meus pais também faziam o uso de remédios e injeções. Mesmo assim, a cada onda de frio eu caía de cama.

Entretanto, quando começaram a estudar a Ciência Cristã, meus pais sentavam ao lado de meu berço e liam para mim. Mais tarde, percebi que liam a Lição Bíblica Semanal da Ciência Cristã, composta de passagens selecionadas da Bíblia e de Ciência e Saúde. Eles também liam o Arauto em alemão (Der Herold der Christlichen Wissenschaft), pois alemão era o único idioma que falávamos em casa.

Quando estava com aproximadamente quatro anos, fiquei doente e perdi a consciência. Nessa ocasião meus pais já haviam percebido que o uso de remédios trazia apenas um alívio temporário. Com uma compreensão espiritual mais elevada, passaram a confiar plenamente no poder de Deus, como é evidente para aqueles que leem a Bíblia. Muitas curas haviam ocorrido por meio de suas orações; minha mãe e meu pai haviam tido curas físicas, e os animais da fazenda melhoraram de saúde e de produtividade. Na região de Panambi, RS, a 450 quilômetros de Porto Alegre, parentes e vizinhos também se curavam de todo tipo de problemas, pela oração. Logo, confiar o bem-estar de seu filho ao poder de Deus não aconteceu de repente, mas foi fruto de um crescimento constante pelo estudo diário e a aplicação do que liam, até alcançar uma firmeza inabalável que os acompanhou durante toda a vida.

Após três dias de oração constante, despertei e pedi comida. A canja já estava pronta. Comi e dormi novamente, um sono natural. Acordei mais tarde e pedi mais sopa. Voltei a adormecer tranquilamente naquela noite, assim como meus pais. Todos dormimos em paz, na certeza de que a cura havia sido completa e permanente. Na manhã seguinte, levantei, tomei meu café da manhã e lá pelas onze horas eu já brincava do lado de fora da humilde casa em que morávamos.

Eu não me lembro de mais nenhuma crise séria de saúde, e os resfriados, gripes e tosses foram diminuindo ano após ano. Lembro-me de ter lido nos boletins escolares o registro de minha presença. No início, faltava até 12 dias em um ano escolar, depois dez dias, oito, cinco, e no último ano do ensino médio não faltei nem um dia. Meu desenvolvimento físico foi perfeito e cresci a uma estatura acima da média, com uma saúde normal e constante.

Em certa época de minha vida, fiz uma retrospectiva e constatei que, dos quinze aos quarenta anos, eu havia perdido apenas meio dia de trabalho por causa de gripe. Os 35 anos seguintes continuaram nessa média. Quando tenho de me expor às intempéries, as funções do meu corpo não são afetadas e me sinto bem tanto no frio como no calor, pois sempre declaro e sou consciente de que vivo e respiro na atmosfera do Amor divino. Sou grato por conhecer e compreender esse fato espiritual.

Toda verdade divina, todo fato espiritual, é a expressão da lei de Deus que opera por meio do Cristo eterno na consciência humana e eleva a compreensão ao nível do divino. Todos têm acesso a essas leis divinas, explanadas na Bíblia e em Ciência e Saúde, e podem aplicá-las às situações que ameacem afetá-los física ou emocionalmente.

Todos estamos igualmente próximos de Deus. O terno cuidado do Amor está sempre presente e envolve a todos. Sem dúvida, cada um de nós pode se conscientizar de que vivemos e respiramos “na atmosfera do Amor divino”.

Orlando Trentini é Praticista e Professor de Ciência Cristã em Chácara, MG.

 
Acesso em: 17/03/2013
Anúncios

Sobre cienciacristabrasil

A Ciência Cristã ou Christian Science foi descoberta por Mary Baker Eddy em 1866, nas proximidades de Boston, MA, EUA. Baseia-se na vida, palavras e obras de Jesus Cristo. Ela é um movimento religioso global. Está aberta a todos no livro: CIÊNCIA E SAÚDE COM A CHAVE DAS ESCRITURAS, de autoria de Eddy.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s