Segurança no ar

Steve Ryf

DO Arauto da Ciência Cristã – 17 de junho de 2013

Publicado originalmente na edição de 18 de março de 2013 do Christian Science Sentinel.

Depois de conversar com um colega piloto da companhia aérea na sala da tripulação, saí para o portão de embarque. Ele repetiu para mim a conhecida expressão de despedida entre pilotos: “Tenha um voo seguro”. Para pilotos, parece ser mais natural dizer essa frase do que simplesmente: “Até logo” ou “Cuide-se”. Na verdade, ela reflete a principal prioridade a que os pilotos devem aderir e para a qual recebem treinamento incessante: a segurança.

Para as companhias aéreas, a segurança é a prioridade número um, seguida do conforto do passageiro e da economia. O treinamento, extensivo e contínuo, que tenho recebido como piloto, reforça que a segurança é prioridade máxima, e que deve se tornar algo instintivo, especialmente diante de situações anormais ou de emergência. É necessário reagir com rapidez e agir de forma decisiva.

Como estudante de Ciência Cristã, sou grato por aprender que segurança não significa meramente estar livre de perigo ou de danos. É uma qualidade de Deus, o Princípio, que expressa o governo infalível que Ele tem sobre cada um de nós e sobre o universo. Durante minha carreira, precisei ler muitos manuais de treinamento para aprender as características específicas da aeronave que estava pilotando. Igualmente importantes para mim foram dois outros manuais: a Bíblia e Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras, de Mary Baker Eddy. A leitura das Lições Bíblicas semanais da Ciência Cristã me ofereceu inúmeros exemplos do poder e do cuidado de Deus, os quais me ajudaram a desempenhar meu trabalho.

O Cristo está infinitamente presente para dispersar o medo pela nossa segurança, onde quer que estejamos.

Aprendi que não importa qual seja a tarefa, todas as capacidades e habilidades que valem a pena têm sua origem em Deus e são governadas e controladas pela Mente divina. Eu precisava ver que eu não tinha uma mente pessoal vulnerável a erros, à apatia ou a um ego inflado. Eu sou o homem de Deus e reflito todas as qualidades de que preciso na cabine de pilotagem, tais como: precisão, atenção e adaptabilidade. Essas qualidades não eram posses pessoais sujeitas à variação, mas procediam espiritualmente do Princípio. Isso me proporcionava um fundamento sólido, fortalecido pela declaração com que nos presenteia a Sra. Eddy, quando afirma que “a Mente divina governa e que na Ciência o homem reflete o governo de Deus” (ver Ciência e Saúde, p. 393).

Você talvez possa dizer que isso soa bem. Mas, na posição de passageiro, o que dizer da apreensão persistente em relação a voar que sempre tenta se impor ao nosso pensamento? Ao longo dos anos, tenho aprendido que, quando há preocupação, quer seja acerca de pilotos, controladores de tráfego aéreo, condições climáticas, problemas mecânicos ou quaisquer outros possíveis imprevistos, o que se necessita é sempre afirmar no pensamento, em espírito de oração, o controle infalível do Princípio. Essa lei espiritual, que se cumpre por si mesma, está ativa e abrange homens, mulheres e crianças com persistência invariável, não conhece nenhum lapso e mantém a todos em segurança.

O acaso não é um fator. A lei de Deus o anula. Quando estou taxiando na pista para decolar e aciono o acelerador, não penso comigo mesmo: “Espero que a lei da aerodinâmica esteja funcionando hoje para que esta coisa saia do chão”. Toda vez que voo, confio no fato de que o projeto da aeronave está de acordo com os princípios aerodinâmicos; essa lei demonstra o “voo seguro” para pilotos e passageiros, e assim nos elevamos até chegar aos 11.000 metros de altitude. O Cristo, a presença e o poder sanador de Deus na consciência humana, está infinitamente presente para dispersar o medo pela nossa segurança, onde quer que estejamos.

Lembro-me de uma ocasião em que estava taxiando para decolar, com o avião repleto de passageiros. Um comissário de bordo ligou pelo interfone e disse: “A cabine está cheia de fumaça”! Essa poderia muito bem ter sido uma situação em que uma evacuação da aeronave seria exigida na pista de circulação, usando-se os escorregas de emergência.

Imediatamente comecei a orar, reconhecendo o controle infalível da Mente. Raciocinei que o Princípio divino inclui toda causa, efeito e lei. É assim que Deus trabalha, e o Cristo o revela. Conforme a Sra. Eddy o coloca: “O Cristo apresenta o homem indestrutível, a quem o Espírito cria, constitui e governa” (Ciência e Saúde, p. 316).

Dentro de segundos, lembrei-me de que antes do nosso voo, a aeronave apresentara um problema de vazamento hidráulico e o conserto fora feito na área próxima dos compartimentos de ar condicionado. Desliguei os dois sistemas de ar condicionado e a fumaça imediatamente se dissipou. Constatou-se que a fumaça era fluido hidráulico vaporizado, proveniente de uma pequena poça desse fluido, a qual não fora completamente seca após o conserto. Retornamos ao portão de embarque em segurança, limparam a poça e logo estávamos de novo a caminho do nosso destino.

Para mim, essa experiência confirmou que a preocupação ou o medo presumem a ausência da lei de Deus. Da mesma forma que um fotógrafo, posso identificar-me com o ditado que diz que o medo é a câmara escura onde os negativos são revelados. A Ciência Cristã nos capacita a viver, sem medo, aquilo que compreendemos sobre Deus. O Princípio é firme e constante, não frio nem abstrato. O Princípio é Amor. Sua ternura e disponibilidade sempre abençoam e protegem. Ele faz cumprir o bem e permanece conosco, quer sejamos um passageiro ou um piloto. Como o Salmista escreve: “Existe algum lugar aonde eu possa ir para fugir do teu Espírito? Para ficar longe da tua vista? Se subo ao céu, lá estás! Se desço aos abismos, lá estás! Se voo nas asas da alvorada rumo ao horizonte ocidental, tu me encontras em um segundo, pois já estás lá à minha espera!” Salmo 139:7-10, A Mensagem).

Anúncios

Sobre cienciacristabrasil

A Ciência Cristã ou Christian Science foi descoberta por Mary Baker Eddy em 1866, nas proximidades de Boston, MA, EUA. Baseia-se na vida, palavras e obras de Jesus Cristo. Ela é um movimento religioso global. Está aberta a todos no livro: CIÊNCIA E SAÚDE COM A CHAVE DAS ESCRITURAS, de autoria de Eddy.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s