Promovendo o bem coletivo pela oração e pela ação

Peter Kokou Dokodzo – Lomé, Togo

DO Arauto da Ciência Cristã – 6 de maio de 2013

Original em francês

Seria possível para as nações em desenvolvimento obter a paz e a prosperidade e, assim, criar uma base sólida para uma democracia duradoura e um crescimento constante? Desde a década de 1990, os esforços no sentido de estabelecer a democracia na África têm sido caracterizados pela instabilidade política, mas esforços contínuos têm gerado progresso, que inclui maior liberdade de expressão e melhores condições para as mulheres. Ainda há, contudo, um longo caminho a percorrer no sentido de vencer importantes desafios, que resultam da falta de transparência da parte de alguns governos na gestão de seus assuntos. Outro desafio é a indiferença para com o bem-estar de seu povo, o que aumenta a pobreza, a injustiça e a corrupção.

As pessoas acreditam que o bem-estar de uma nação esteja fortemente ligado às condições políticas e econômicas e, por isso, depositam suas esperanças nos políticos, em seus sistemas de governo e nas leis e regulamentações humanas, que nem sempre são confiáveis ou duradouros. Quando um governo não corresponde às expectativas, ele é criticado, desafiado e responsabilizado por todos os problemas.

A Bíblia, por outro lado, mostra que, quando as pessoas são motivadas a buscar o bem comum, Deus apoia tanto seu progresso como o progresso da sociedade. Neemias, por exemplo, desejava reconstruir Jerusalém e protegê-la de seus inimigos, que haviam anteriormente destruído a cidade e escravizado os filhos de Israel (ver Neemias, capítulos 1-6). Ele se preocupava com o bem coletivo, mas oponentes agressivos ameaçavam seus esforços. Eles formaram uma aliança para atacar Jerusalém e impedir sua reconstrução.

A Bíblia mostra que, quando as pessoas são motivadas a buscar o bem comum, Deus apoia tanto seu progresso como o progresso da sociedade.

Neemias resistiu aos ataques dos inimigos apoiando-se em Deus, determinado a reconstruir a cidade que era tão importante para ele e para seu povo. Eles todos tiveram de permanecer muito firmes contra uma forte oposição. Para triunfar, usaram estas ferramentas espirituais: a oração, a confiança em Deus, a vigilância, a coragem, o amor, a humildade, o discernimento do bem e a firmeza no bem. Graças à sólida confiança de Neemias em Deus, o muro foi reconstruído e reinou a paz, não somente para os filhos de Israel, mas também para todos os seus inimigos.

Hoje, os inimigos parecem ser mau governo, falta de recursos, ódio, guerra e doença. Mas, todos esses inimigos podem ser vencidos pela compreensão de que somente Deus governa o universo, e que Seu poder supremo proporciona força e promove o progresso. Mary Baker Eddy escreve em seu livro Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras: “Resiste ao mal — ao erro de toda espécie — e ele fugirá de ti” (p. 406). O mal não tem nenhum fundamento que possa lhe dar poder ou vida, pois Deus é o único poder.

No início da minha carreira, fui chefe de contabilidade em um departamento regional do Ministério da Agricultura de meu país. Tudo estava indo bem, até que assumi o cargo do meu supervisor imediato, que partira subitamente. Meu mais profundo desejo era o de implantar novos procedimentos a fim de impedir atos de desonestidade. Portanto, introduzi regras fundamentadas no rigor e na integridade de bons sistemas de gestão. Estava convencido de que essas regras promoveriam o bem comum e o progresso dentro de meu ambiente de trabalho.

Mas essa mudança desagradou alguns dos encarregados. Fui rotulado como um oponente ao regime. Meu gerente substituiu minha assinatura nas contas bancárias pela assinatura de outro empregado. Em seguida, fui destituído do meu cargo.

Diante dessa situação, orei muito, volvendo-me a Deus para compreender que Ele estava no controle de toda a situação, inclusive a minha, a da minha família e a do meu departamento. Compreendi que Deus é o único Princípio governante. Esse Princípio é Amor, e, portanto, provê todas as nossas necessidades. Também sabia que Deus recompensa todo trabalho honesto e altruísta. Tentei ver as boas qualidades nos outros, inclusive no meu gerente e em todos os políticos do meu país. Estava especialmente confiante em que minhas orações para ver a verdadeira identidade do meu gerente, criado à imagem e semelhança de Deus, refletir-se-iam em um ajuste na minha situação de trabalho, porque Deus é o Princípio da harmonia.

Compreendi que, em realidade, as autoridades do meu país eram receptivas ao bem e estavam motivadas pelo desejo de gerir os serviços públicos com eficácia, em prol do interesse geral da população.

Certo dia, durante uma inspeção nos estoques de insumos agrícolas (produtos necessários para a operação de uma fazenda), meu gerente teve de recorrer ao meu conhecimento especializado para ajudar alguns inspetores. Essa colaboração nos permitiu expor as falhas no sistema de gestão, as quais eram usadas para desviar dinheiro e furtar mercadorias. Isso também livrou meu gerente de ficar sob suspeita por tais práticas. Todos os procedimentos que eu havia introduzido foram então recomendados aos outros serviços no ministério. Daquele momento em diante, os insumos agrícolas não foram mais desviados, e os fazendeiros começaram a recebê-los a tempo para a temporada da colheita. Isso os ajudou a melhorar seu desempenho e, consequentemente, trouxe um aumento em sua renda. Os resultados confirmaram para mim esta declaração de Ciência e Saúde: “A Verdade é sempre a vencedora” (p. 380).

Antes desse final feliz, diante do desânimo, permaneci firme no fato de que Deus sempre atende às nossas orações e que o bem é permanente, apesar das aparentes dificuldades. Compreendi que, em realidade, as autoridades do meu país eram receptivas ao bem e estavam motivadas pelo desejo de gerir os serviços públicos com eficácia, em prol do interesse geral da população. A verdade é que sua natureza real não lhes permitiria fazer qualquer outra coisa que não fosse o bem.

Trabalhar pelo bem-estar coletivo é uma expressão profunda de amor ao próximo e, portanto, uma maneira valiosa de contribuir para com a democracia, com o bom governo e com o desenvolvimento.

Anúncios

Sobre cienciacristabrasil

A Ciência Cristã ou Christian Science foi descoberta por Mary Baker Eddy em 1866, nas proximidades de Boston, MA, EUA. Baseia-se na vida, palavras e obras de Jesus Cristo. Ela é um movimento religioso global. Está aberta a todos no livro: CIÊNCIA E SAÚDE COM A CHAVE DAS ESCRITURAS, de autoria de Eddy.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Promovendo o bem coletivo pela oração e pela ação

  1. Quero agradecer pelas mensagens que tenho recebido pelo site da Ciência Cristã, obrigada. Que Deus continue dando sabedoria para ajudar a outras pessoas através destas mensagens.
    Mais uma vez, obrigada. Com carinho Luzimar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s